top of page
  • mktvetera

Juros para financiamentos de veículos recuam com maior velocidade



São Paulo – A taxa média anual de juros para financiamentos de veículos 0 KM, medida pelo Banco Central do Brasil, alcançou em julho o menor patamar desde outubro de 2021, com 26,1%. Os dados foram divulgados pela instituição na segunda-feira, 28, por meio das Estatísticas Monetárias e de Crédito.


Em outubro de 2021 os juros para aquisição de carros novos estavam na faixa de 24,8%, já em tendência de alta como reflexo do movimento de aumento da taxa Selic iniciado em março daquele ano, por causa da elevação no preço de itens como os alimentos, que pressionavam a inflação do País.


Com esta redução em julho o setor registrou o sexto mês consecutivo de redução da taxa média de juros. A queda com relação a junho foi de 0,7 ponto porcentual e em um ano o corte chegou a 1,5 pp.

Começa-se, porém, a registrar maior velocidade na redução dos juros. Desde maio o recuo foi de 2 pp. Como a taxa Selic foi reduzida de 13,75% para 13,25% apenas no começo de agosto as últimas quedas nos juros para financiamentos de veículos ainda não refletem o recuo na taxa básica. A tendência natural, portanto, é de manutenção da queda nos juros para o setor.

Inadimplência – Ainda em níveis elevados a inadimplência apresentou, em julho, leve recuo na comparação com o mês anterior, retornando à faixa dos 5,4%. Em um ano os atrasos superiores a noventa dias para os pagamentos de financiamentos e veículos cresceram 0,5 pp.


Foi o décimo-segundo mês consecutivo EM que a inadimplência ficou acima da faixa dos 5%, algo que nunca havia ocorrido na atual série histórica do BC.

Comments


bottom of page